ATO CONTRA BOLSONARO, PAGO POR TODOS CONTRIBUINTES

A Comissão de Graduação de um do Curso de Biotecnologia da UFRGS, no Rio Grande do Sul, alinhada com o que há de pior na esquerda, não hesita em usar recursos públicos para promover a convocação de um ato contra o presidente da República Jair Bolsonaro. Os convites utilizam arquivos de e-mails e estrutura da UFRGS, meios sabidamente custeados pelo dinheiro dos contribuintes.

Deixar uma resposta