AÇÃO CONTRA O TCE GAÚCHO PARA RESTITUIÇÃO DE R$ 1,2 MILHÃO,É INÉDITA.

Conhecido pelo rigor como julga os atos de prefeitos,vice-prefeitos,secretários municipais e vereadores em especial,o Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul passa agora por um constrangimento público,diante da ação proposta por um grupo de deputados estaduais buscando o ressarcimento de valores que teriam sido pagos de forma irregular a conselheiros. Vergonha alheia!

Deixar uma resposta