A VEZ DO “VOTO CAMARÃO”

Está de volta o chamado “voto camarão”: aquele no qual os candidatos aos cargos ,desde deputado estadual, deputado federal, senador a governador,pedem o voto pessoal ao eleitor,mas deixam em aberto a cabeça, o candidato a presidente da República. No Rio Grande do Sul,o fenômeno tem ocorrido junto a aliados tanto de José Ivo Sartori (MDB),como de Eduardo Leite (PSDB) cujos partidos tem respectivamente, Henrique Meirelles e Eduardo Alckmin como candidatos a presidente. E ainda os gaúchos Germano Rigotto, e Ana Amélia como vices.

Deixar uma resposta