A ENCRENCA DA GESTÃO PENITENCIÁRIA

Desde que os gestores descobriram que criando uma secretaria penitenciária teriam a quem culpar pela caótica situação do setor, vários governadores tomaram esse rumo. Com Eduardo Leite não foi diferente. Porém, o caso gaúcho é diferente, e a Susepe, que estava na mesma hierarquia da Policia Civil, Brigada Militar e Instituto de Pericias, sob o guarda-chuva da Secretaria de Segurança, subitamente foi alçada a secretaria de estado. O desconforto foi enorme. Para remediar o estrato,o secretário da segurança acumulará as funções de secretário de gestão penitenciária. O que aumenta ainda mais o risco de Ranolfo Vieira ser fritado no futuro, mesmo sendo o vice-governador eleito.

Deixar uma resposta