Apoiado pelo Governador Dória, MBL envolvido agora em investigação de lavagem de dinheiro em SP, diz MP

Dois empresários ligados ao Movimento Brasil Livre (MBL) foram presos na manhã desta sexta-feira (10) em São Paulo em uma investigação de um esquema milionário de lavagem de dinheiro, segundo o Ministério Público. O grupo nega relação com eles. A operação é realizada em parceria com a Polícia Civil e a Receita Federal. O Governador de São Pulo João Dória tem recebido integral apoio da cúpula do MBL.

Oswaldo Eustáquio assina ficha no PTB e pode disputar uma cadeira no Senado

O jornalista e blogueiro Oswaldo Eustáquio se filiou ao PTB. Ele foi liberado da cadeia no último domingo, depois de ser preso no dia 26 de junho por determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes. O ministro do STF, condicionou a liberdade de Eustáquio a diversas medidas restritivas.

Pelas redes sociais, Roberto Jefferson, presidente nacional do partido  anunciou a filiação de Oswaldo. Além disso, o encontro ocorreu durante um almoço realizado em um hotel de Brasília.

Oswaldo poderá disputar uma vaga no Senado pelo Estado do Paraná nas eleições de 2022. No momento, sua prioridade está em provar sua inocência. Recentemente, ele foi alvo de um mandado de prisão expedido pelo ministro do STF Alexandre de Moraes no inquérito que investiga o financiamento de atos antidemocráticos.

Roberto Jefferson afirma que “com toda essa campanha contra, Jair Bolsonaro tem hoje 35% de apoio popular”.

Durante entrevsita na sesta-feira (10) presidente nacional do PTB,o ex-deputado Roberto Jefferson, que denunciou o Mensalão, comentou ontem que “Jair Bolsonaro, com tudo isso tem hoje 35% de apoio inarredável da opinião publica”. Jefferson, criticou ainda o fato de algumas mídias tentarem vincular o número de vítimas do Coronavírus ao presidente Jair Bolsonaro.

Cobrança a  governadores e prefeitos

Roberto Jefferson pergunta: “E os governadores, o que estão fazendo? E os prefeitos? O Supremo Tribunal Federal disse que o dever é deles. O prefeito Bruno Covas (São Paulo), o prefeito de Belo Horizonte, de Porto Alegre, e os outros prefeitos do Brasil, os governadores? A obrigação estabelecida pelo Supremo Tribunal Federal é deles. A ação de saúde é deles. Compete ao Governo Federal botar dinheiro, e o governo federal está botando dinheiro. Mas a ação é dos governadores, e dos prefeitos. Tomem vergonha na cara, e vão trabalhar em favor da saúde do povo”, afirmou o presidente do PTB.