Pastor e ex-reitor da Mackenzie, Milton Ribeiro, será novo ministro do MEC

O presidente Jair Bolsonaro convidou nesta sexta-feira o pastor da Igreja Presbiteriana Milton Ribeiro para assumir o Ministério da Educação. Ribeiro, por sua vez, já aceitou o convite, segundo informações da jornalista Thaís Arbex, da CNN.
Além de pastor, Ribeiro tem registro em seu currículo de curso de doutoramento completo em Educação e tem graduação em Teologia, segundo currículo Lattes. Ele também é ligado à Universidade Mackenzie.
Reportagem do jornal O Globo apontava que a indicação de Milton Ribeiro partiu “do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, auxiliar de confiança de Bolsonaro”.

RS já tem 9 regiões com alto risco, e chega a 15 bandeiras vermelhas no mapa preliminar da 10ª rodada

O governo gaúcho atualizou o mapa do distanciamento no estado. O cenário de disseminação do coronavírus e da ocupação de leitos cresce no Estado. Na décima rodada preliminar do Distanciamento Controlado, o Rio Grande do Sul tem 15 regiões com risco alto, ou seja, estão na bandeira vermelha. Essas regiões representam 84,2% da população gaúcha (9.535.519 habitantes). Na rodada definitiva do mapa anterior, eram seis regiões em vermelho, equivalente a 52,9% da população (5,9 milhões de habitantes). As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (13/7).

A análise preliminar dos índices de propagação do vírus e de ocupação dos leitos trouxe, novamente, as regiões de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa, Palmeira das Missões e Pelotas em bandeira vermelha. Essas áreas já haviam sido classificadas como alto risco na rodada anterior.

As regiões de Taquara, Santo Ângelo, Cruz Alta, Santa Rosa, Erechim, Passo Fundo, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul e Santa Cruz do Sul evoluíram de bandeira laranja para vermelha nesta rodada.

Santa Maria, Ijuí, Uruguaiana, Bagé e Lajeado são as cinco regiões que permaneceram na bandeira laranja.

Orçamento 2021: Contingenciamento do Judiciário gaúcho será de R$ 121 milhões

O Presidente do Conselho de Comunicação Social do Tribunal de Justiça, Desembargador Antonio Vinicius Amaro da Silveira, participou na manhã desta sexta-feira (10/7) da cerimônia virtual de abertura do Orçamento 2021, realizada pelo Governo do Estado. O magistrado representou o Poder Judiciário no evento de apresentação, no qual o Governador Eduardo Leite destacou o acordo histórico entre os Poderes e Instituições, ocorrido  em maio,  na finalização do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias, com diversas reuniões entre os técnicos e a assinatura de uma carta conjunta na entrega do projeto à Assembleia Legislativa.

Eduardo Leite agradeceu novamente a dedicação e o apoio dos demais Poderes por terem compreendido as dificuldades enfrentadas pelo Estado. Ele recordou que, por conta das  negociações, os demais Poderes se comprometeram em ampliar a economia, inicialmente projetada em  R$ 150 milhões, já anunciada no exercício de 2020, para R$ 205 milhões, garantindo  na prática  o congelamento dos gastos líquidos do Tesouro com os demais Poderes e órgãos autônomos para os níveis de 2019