Prefeito de Porto Alegre denuncia pressões de igrejas evangélicas: “querem faturar”.

O prefeito Nelson Marchezan (PSDB),de Porto Alegre, denunciou pressões que estaria recebendo para flexibilizar a abertura de igrejas. Marchezan, em entrevistas que concedeu nesta sexta-feira em Porto Alegre, disse que isso – as pressões – ocorrem por um “motivo torpe,porque essas igrejas querem faturar”. O prefeito da capital gaúcha garantiu que não vai ceder a pressões inclusive de vereadores,embora na Câmara de Porto Alegre exista uma atuante bancada ligada a igrejas evangélicas.

PGR pede que STF investigue atos públicos pela democracia,mas ignora ações violentas do MST.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou nesta segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de um inquérito para investigar atos públicos realizados em diversas cepitais brasileiras e que segundo ele, podem atentar contra a Constituição e o estado de direito pelo país.
O pedido da PGR ao STF surpreende, na medida em que outros atos,como invasões violentas de propriedades urbanas e rurais promovidas por entidades clandestinas como o MST nunca mereceram este rigor,tanto do Ministério Publico,como do Supremo Tribunal Federal.
Desde março, Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) invadiram o pátio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Porto Alegre.
Não houve qualquer manifestação de indignação pela invasão, por parte das instituições encarregadas de zelar pela Constituição.

Previsão de chuva pode amenizar estiagem nas lavouras do RS.

Segundo dados da  Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul,  Emater-RS e e  Irga. boa parte do Rio Grande do Sul deverá receber chuva de forma expressiva nos próximos sete dias, de acordo com o Relatório Oficial Nº 17.

Até sábado (9/5), o tempo permanecerá seco e a atuação de uma massa de ar frio manterá as temperaturas baixas, com valores inferiores a 5°C em todo o Estado, com possibilidade de formação de geadas na Campanha, no Planalto e na Serra do Nordeste. No domingo (10/5), o ingresso de ar quente favorecerá a elevação das temperaturas.

Na segunda (11/5) e terça-feira (12/5), a propagação de uma nova frente fria provocará chuva em todas as regiões. Na quarta-feira (13/5), as áreas de chuva permanecerão sobre o Estado, com possibilidade de temporais isolados, sobretudo na Zona Sul e faixa Leste.

Os totais previstos deverão ser inferiores a 20 mm apenas na faixa Norte. No restante das áreas, os valores esperados oscilarão entre 30 mm e 50 mm. Na faixa Central e na Zona Sul, os totais deverão superar 60 mm na maioria dos municípios, podendo exceder 80 mm em algumas localidades.

Governo começa a pagar segunda parcela do auxílio emergencial.

O ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni trouxe um boa noticia aos inscritos no programa de auxilio emergencial. O pagamento da segunda parcela do auxílio, que pode pagar até R$ 1,2 mil no caso de mães chefes de família — está previsto para a próxima semana. Contudo, muitos ainda não receberam a primeira parte. Segundo o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni,na semana que vem será concluída a análise de 17 milhões de pedidos, incluindo os de reanálises. A expectativa do ministro é de que 6 milhões a 8 milhões sejam elegíveis e, até segunda (11), 99% da primeira etapa esteja concluída.

Segundo a Dataprev, empresa de dados responsável pela checagem das informações do trabalhador, até domingo (10), vai finalizar o processamento dos requerimentos apresentados entre os dias 23 e 30 de abril. Após a liberação, o pagamento da parcela é feito pela Caixa ao beneficiário em até três dias.

Recursos da União vão recompor arrecadação de ICMS em 22,7% do Rio Grande do Sul.

A repercussão da crise da Covid-19 nas finanças públicas e as perspectivas com a aprovação do projeto de suporte aos Estados do governo federal foram temas tratados pelo secretário da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, em reunião da Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa na manhã de quinta-feira .Segundo o secretário,a União vai recompor arrecadação de ICMS em 22,7% em razão da pandemia.

Na abertura, Marco Aurelio fez um balanço dos resultados de 2019. Segundo ele, foi um ano de muito trabalho legislativo, com protagonismo da Assembleia em diferentes frentes de ajuste fiscal e com resultados importantes para as contas públicas. Realizada de forma virtual, a reunião contou com a participação do presidente da Assembleia, Ernani Polo, do presidente da Comissão, Luís Augusto Lara, do líder do governo, Frederico Antunes, e também do secretário adjunto da Casa Civil, Bruno Freitas.

Governo de SP manda fica em casa. Mas PM faz despejo de Cerca de 50 famílias de suas casas .

O número de casos de contaminação e óbitos por Coronavírus é crescente  no interior do estado de São Paulo, o mais atingido pela epidemia, a Polícia Militar cumpriu quinta-feira dia 7 de maio uma ação de reintegração de posse na cidade de Piracicaba. De acordo com movimentos sociais, cerca de 50 famílias viviam em um terreno no bairro de Monte Líbano.