Governo de SP contrata por R$ 14 milhões,sem licitação,empresa fantasma para confeccionar aventais descartáveis.

Mais um caso suspeito de integrar a farra de gastos com dinheiro da pandemia. O governo de São Paulo contratou por R$ 14 milhões,utilizando recursos para combate ao Coronavirus,sem licitação,uma empresa fantasma.

A empresa tem sede em uma casa simples, na periferia de Itapevi, na Grande São Paulo. A empresa que ganhou um contrato milionário com o governo de São Paulo não possui alvará para funcionamento.
O contrato prevê que o dono da empresa, Marcelo Neres de Oliveira, receba mais de R$ 14 milhões para produzir 1,1 milhão de aventais descartáveis. Material para uso da Secretaria de Saúde durante a epidemia do coronavírus. Por conta da calamidade pública, houve dispensa de licitação para compra. Um detalhe importante chama atenção: a empresa não é do ramo da saúde. No Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, ela foi inscrita como editora de livros.