COM TEMER, “O BRASIL, VOLTOU”

Brasília - Presidente Michel Temer e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha no lançamento do programa Rrefrota 17, no Palácio do Planalto (Marcos Corrêa/PR)
(Marcos Corrêa/PR)

No dia 16 de maio, o governo vai comemorar os dois anos da posse de Michel Temer. Atento, o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha, que madrugou no projeto do governo Temer, anotou tudo e produziu um texto alinhando todos estes êxitos a partir da recessão histórica encontrada quando assumiu, até agora, nestes tempos de queda histórica da inflação e crescimento do PIB. O documento vem sendo chamado de “O Brasil voltou” e Padilha, na condição de gestor do governo,o encaminhou a cada ministro, para receber contribuições que aumentem o volume de referências às conquistas dessa gestão. O texto enumera realizações da administração federal desde grandes ações da economia, até o fato de ter sido Temer quem zerou a lista de espera do Bolsa Família. É um prato feito para um trabalho forte de marketing positivo.

A EXTINÇÃO DAS ESTATAIS

download (5)

Lider do governo na Assembléia gaúcha,o deputado Gabriel Souza MDB) não tem dúvida de que,ao emitir uma ordem suspendendo os processsos de extinção de estatais aprovados pelo legislativo, “o Tribunal de Contas do Estado invadiu seara alheia, desrespeitou prerrogativas de outro poder, e atropelou a Constituição.” Sob o ponto de vista econômico,a decisão monocrática “causa prejuízo anual de R$100 milhões”, arremata o líder governista.

BOLSONARO GANHA UMA LISTA DE APOIO

BRASÍLIA, DF, 29.08.2017: ECONOMIA-GOVERNO - O deputado Jair Bolsonaro - O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira, deu início à votação de vetos presidenciais em sessão conjunta da Câmara e do Senado na tarde desta terça-feira (29). Os parlamentares vão analisar vetos do presidente Michel Temer a 16 projetos de lei e começaram pelos que poderão ser votados sem a necessidade de uso do painel eletrônico. (Foto: Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress)
(Foto: Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress)

Para amenizar a denúncia da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, Jair Bolsonaro, acusado de discriminação contra quilombolas, LGBTs, indígenas, refugiados e mulheres, em palestra no Clube Hebraica do Rio recebeu esta semana um apoio importante. A Associação Sionista Brasil–Israel está recolhendo milhares assinaturas em defesa de Bolsonaro, em um documento no qual firma que ele é “um grande amigo dos judeus de Israel”.

ALCKMIN QUER SER O CANDIDATO DA CONCILIAÇÃO

1111111111111111

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, encontrou o nicho que poderá abrir-lhe espaço entre tantas candidaturas presidenciais. Percebendo o acirramento de ânimos, Alckmin vai presentar-se como o “candidato da conciliação”. Percebendo uma descfença nas instituições, vai propor uma refundação dos Três Poderes para superar a crise institucional eu abala Executivo,Legislativo e Judiciário.

STF ACOLHE VOTO DO MINISTRO FACHIN E ARQUIVA DENUNCIA CONTRA JOSÉ OTÁVIO

1111111111111111111111111111

1111111111111111111111111111

A decisão unânime da segunda turma do Supremo Tribunal Federal de rejeitar a denúncia contra o deputado federal gaucho José Otávio (PP) acolheu o voto do relator, ministro Edson Fachin, para quem “a denúncia perde força em razão das informações apresentadas, o que impossibilita a abertura de ação penal por ausência de justa causa. “Inviável, portanto, nortear acusação criminal em juízo com o material agregado aos autos, composto por elementos fragmentados, destituídos de autonomia e sobriedade a sustentar o início da deflagração de ação penal. Ontem à noite,o deputado José Otávio disse a esta coluna que ” a acusação era falsa e mentirosa. A verdade, por vezes, demora um pouco para vir à tona. Continuo firme, trabalhando pelo Rio Grande e cada vez mais disposto uma grande reeleição”.

TURRA, DE OLHO NA EXPORTAÇÃO DO FRANGO

111111111111111

Presidente da poderosa ABPA, a Associação Brasileira de Proteína Animal,o ex-ministro da Agricultura Francisco Turra se alia aos esforços do atual ministro Blairo Maggi,para fazer chegar à União Europeia a preocupação diante de uma possível suspensão da compra de carne de ave brasileira. A crise da BRF, está levando os europeus, responsáveis pela compra de cerca de 15% da produção do Brasil, a ameaçarem com a suspensão das importações de frango. Turra lembra que “ o setor produtivo gera 4,1 milhões de empregos diretos e indiretos para o País. Somente na BRF, são mais de 100 mil empregos diretos. “

DEM PROÍBE ALIANÇAS COM O PT

MARCA DEMOCRATA HORIZONTAL

O caso do DEM deixa claro como é difícil a coerência política: o partido aprovou uma resolução nacional contra alianças com o PT, mas, no Ceará, o partido preferiu não cumprir a determinação. Para garantir viabilidade eleitoral, prefere romper com o partido e aliar-se ao PT que é forte em razão do sucesso do bolsa-família na região.

ASSEMBLÉIA APROVA FIM DA CESA

230269_G

Ao decidir ontem por 45 votos a 4 a proposta do governo de extinção da Companhia Estadual de silos e Armazéns,a Assembleia Legislativa livra o contribuinte gaúcho de um abacaxi que,apenas em contencioso trabalhista, tem R$ 200 milhões espetados. Ainda assim,os deputados aprovaram uma emenda que preserva a unidade da CESA em Rio Grande.

PROJETO DAS OFICINAS É POLÊMICO

1111111111111111111111111111

Tem enorme potencial polêmico o projeto 39/2018 do deputado Enio Bacci (PDT) que tramita na Assembléia Legislativa. O projeto permite que o consumidor possa escolher a oficina para as revisões dos veículos com garantia de fábrica, fora da rede credenciada pelo fabricante, e sem perda da garantia. O risco é enorme para o consumidor. Nem todas as oficinas atendem as especificações para atender à exigência de tecnologia dos veículos.