PDT PODE NEGAR VAGA AO SENADO PARA O EX-PREFEITO FORTUNATI

foto Joel Vargas PMPA Divulg

As negociações que a cúpula do PDT gaúcho vem fazendo na busca de alianças pra alavancar a candidatura de Jairo Jorge ao governo do Estado, incluem as vagas de vice-governador, e uma cadeira ao Senado. Serão duas cadeiras ao Senado, mas uma delas será oferecida a aliados. Porém, para quem achava que ao natural, a vaga ao Senado seria do ex-prefeito José Fortunati, enganou-se. Está em curso uma articulação da cúpula, para garantir a vaga ao ex-candidato ao governo e ex-secretário da educação do governo Sartori, o procurador de justiça Vieira da cunha, a vaga para disputar a cadeira ao Senado. Para tirar a limpo a situação, Fortunati encaminhou documento à direção do PDT, sugerindo abertura de inscrição para os pré-candidatos ao Senado, e uma definição até o dia 16 de dezembro.

CONTRIBUINTE CHAMADO A PAGAR PREJUÍZO DA CGTEE

4e7c0fb302d3-46c1-c6cd-88876e89874a

A análise do desempenho da CGTEE, a Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica da Eletrobrás, cuja sede fica em Porto Alegre mantenedora de usinas térmicas a carvão em Candiota, no Rio Grande do Sul, aponta para prejuízo no ultimo ano. Não é qualquer prejuízo: os valores chegam a R$ 1 bilhão. É estranho que alguém ainda seja contra a privatização da CGTEE, embora o problema seja encontrar algum interessado em adquiri-la.

TRÁFICO NO CENTRO HISTÓRICO DA CAPITAL

thumb

Transformadas em impressionante favela, as calçadas sob o viaduto Otávio Rocha, como já perceberam os comerciantes que trabalham no local, e usuários dos terminais de ônibus, não abrigam simples moradores de rua. Assustados, vêem diariamente que funciona ali um bem organizado esquema de venda de receptação de objetos furtados e drogas, com horário certo para chegada,e logística organizada para distribuição dos produtos a outras áreas do centro da cidade.

REFORMA MINISTERIAL EM ETAPAS

BBABvev-346x230

Com três ministros em áreas importantes do governo – Eliseu Padilha na Casa Civil, Ronaldo Nogueira na pasta do Trabalho e Emprego, e Osmar Terra na Ação Social e Reforma Agrária – o governo ainda faz o esboço da reforma misiterial. Padilha, intocável na reforma, é um dos articuladores da mudança junto ao presidente Michel Temer. E ontem, ficou decidido que a reforma ministerial será feita em etapas, para não traumatizar a base.

CPERS PIOR QUE TEMER

download (1)

Ontem, um deputado da base do governador Sartori comentou com o colunista que “se o presidente Michel Temer, no seu pior momento tinha apenas 3% de apoio, então o Cpers, com 2% de apoio à greve, consegue a proeza de estar pior que o Temer”.

O Blog de Flavio Pereira